Adilson Araújo (CTB, Brasil): “O grupos de Temer pretende restaurar um programa neoliberal”

CiNNNLCWkAAEVIA

Golpe de Estado en Brasil

4 preguntas al presidente nacional de la Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo, sobre el golpe de Estado en Brasil. “Salta aos olhos o caráter antidemocrático, antipopular e antinacional do golpe”, dijo el dirigente brasilero.

1. ¿Qué acciones y posicionamiento tiene la CTB sobre lo que esta sucediendo con el impeachment a Dilma y el proceso que vive en la actualidad Brasil?

A voz da CTB contra a ofensiva da direita

Petrobras CTBLeia a opinião de outros dirigentes da CTB sobre a atual conjuntura política no país:

 

“O momento político que o país vive é de extrema gravidade porque o que esta em jogo não é o destino de um governo, mas o destino do Brasil – um país próspero, soberano, democrático, que respeita e valoriza o trabalho. Diante dessa ameaça, o dia 13 de março é uma data estratégica para que nós possamos fazer uma contraofensiva à direita brasileira, que quer retomar no Brasil a agenda do neoliberalismo. Dentro desse contexto, uma das grandes ameaças é a tentativa de desmoralização e fragilização de um dos maiores patrimônios do povo brasileiro, a Petrobras. A questão de fundo é que os tucanos querem retomar o controle do país para privatizar essa empresa. Os petroleiros e petroleiras de todo o país se somarão a esse esforço nacional no dia 13”.

Leer más