Brasil – Centrais sindicais convocam classe trabalhadora para a greve geral do dia 30

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) atuará com força total nos atos, greves e manifestações previstos para esta sexta-feira (30) em todo o Brasil.

A agenda de lutas promovida pelo movimento sindical unificado e aliado às frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo envolve ações em pelo menos 20 estados contra as reformas trabalhista e da Previdência, em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, da aposentadoria e do emprego.

O presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, que esteve em Brasília na terça-feira (27) participando de audiência no Senado sobre o PLC 38/2017, da reforma trabalhista, atacou duramente o plano do governo de promover um desmonte radical da CLT e dos direitos da classe trabalhadora garantidos na Constituição federal.

“A contrarreforma trabalhista em tramitação no Senado é o mais sério golpe aos direitos e conquistas da classe trabalhadora já observado em nossa história. Nem mesmo o regime militar – apesar da violência e perseguições que promoveu – foi tão longe nos ataques à legislação que protege nosso povo trabalhador”, afirmou Adilson.

Ele destaca que a proposta, se aprovada, vai dificultar o acesso dos assalariados à Justiça, permitir o aumento da jornada, a redução de salários e benefícios e a precarização generalizada dos contratos de trabalho.

“A CTB considera os direitos trabalhistas inegociáveis. O projeto enviado pelo governo ao Congresso, sensivelmente piorado pelo relator Rogério Marinho, é inaceitável”.

E, por isso, nesta sexta (30), é fundamental que a população envie seu recado: faça greve, se mobilize, proteste. #SextaTemGreve #NenhumDireitoAMenos

Confira abaixo as categorias que já anunciaram adesão à greve e os atos e mobilizações já agendados em 25 estados:

Acre

Bancários
Urbanitários
Correios
Auditores fiscais
Vigilantes

Às 8h tem ato em frente ao Palácio Rio Branco

Alagoas

Bancários

Às 8h tem ato na Praça dos Martírios, centro de Maceió

Amapá

Às 8h tem ato na Praça da Bandeira, em Macapá

Amazonas

Manaus 8h Praça do Congresso

Bahia

Ferroviários
Petroleiros
Químicos
Servidores públicos federais; estaduais e municipais; previdenciários;
Correios
Vigilantes;
Metalúrgicos
Comerciários
Professores

Às 6h30 tem manifestação no Iguatemi
Às 15h tem manifestação em Campo Grande, em Salvador

Ceará

Transporte
Educação
Comércio e Serviço
Metalúrgicos
Servidores Públicos
Bancários
Rurais

Às 9h tem concentração para o ato na Praça da Bandeira, em Fortaleza.

Distrito Federal
Rodoviários
Metroviários
Judiciário
Bancários
Professores
Correios
Comércio

Serão realizados atos descentralizados em várias cidades do entorno

Espírito Santo

Metalúrgicos
Professores
Construção civil
Eletricitários,
Comerciário,

Às 12h tem ato na Assembleia Legislativa, em Vitória.

Goiás

A concentração para o ato será a partir das 8h, na Praça Cívica, em Goiânia.

Maranhão

Urbanitários
Servidores federais
Servidores estaduais
Professores das redes Estadual, municipal e universidades

Ato às 6h30 em frente ao Porto de Itaqui e ato político na sequência.

Minas Gerais
Educação
Saúde
Bancários
Aeroviários
Urbanitários
Metroviários
Trabalhadores no comércio de minérios e derivados de petróleo

Às 9h, começa a concentração para o ato será na Praça da Estação, na avenida dos Andradas, em Belo Horizonte.
Às 9h tem ato também na Praça da Estação, em Juiz de Fora

Mato Grosso

Bancários
Educação
Servidores Federais
Rodoviários,

Às 15h, tem ato na Praça Ipiranga, centro de Cuiabá.

Pará

Ato às 11h na Praça da República, com caminhada para o bairro São Brás
Ato às 8h, em Altamira, no Mercado Municipal
Ato em Santarém em frente à Praça São Sebastião
Ato às 7h30 em Marabá em frente ao estádio Zinho Oliveira
Ato às 7h em Marituba, região metropolitana de Belém, na entrada da Alça Viária

Estão programadas também greves e atos em Itaituba e Barcarena.
Paraná

Motoristas e cobradores de ônibus
Correios
Garis
Servidores municipais
Bancários
Petroleiros
Técnicos da Saúde
Servidores da Justiça Federal
Vigilantes
Metalúrgicos
Professores

Atos:

às 12h em Curitiba na Boca Maldita
às 8h30 em frente à Prefeitura em Araucária
às 10h no Núcleo Regional de Educação em Cascavel
às 8h em Foz do Iguaçu no Bosque Guarani
às 8h30 na Praça 9 de Dezembro em Guarapuava
às 9h no Calçadão em Londrina
às 9h em frente ao INSS em Maringá
às 9h em frente à Prefeitura em Paranavaí
às 8h30 na Praça Barão de Guaraúna em Ponta Grossa
Pernambuco

Bancários
Metroviários
Docentes da Universidade Federal de Pernambuco
Metalúrgicos
Vigilantes
Farmacêuticos
Professores da Rede Particular
Professores municipais
Servidores Administrativos de Apoio Fazendário da Secretaria da Fazenda
Auditores Fiscais
Servidores Municipais do Recife
Profissionais de Ensino da Rede Oficial do Recife
Policiais Civis

Às 15h, tem ato Político-Cultural, Arraiá da Greve Geral, na Praça da Democracia, no Derby, em Recife.

Piauí

Às 8h tem inicio a concentração para o ato na Praça Rio Branco, em Teresina.

Rio de Janeiro

Petroleiros
Bancários
Professores
Universidades
Servidores públicos estaduais e municipais
Metalúrgicos
Vigilantes

Às 17h tem ato na Candelária

Rio Grande do Norte

Em Natal, concentração no Midway às 15h e caminhada até o Mirassol

Às 15h tem ato em frente a Igreja do Alto de São Manoel, em Mossoró

Rio Grande do Sul

Em Porto Alegre, piquetes nas garagens a partir das 4h30. Trancaços nos principais pontos da cidade com caminhadas em direção à rodoviária.

Concentração a partir das 12h no Largo Glênio Peres, centro de Porto Alegre.

ATO UNIFICADO das Centrais Sindicais e movimentos sociais e populares. Caminhada para o Largo Zumbi dos Palmares.
[16:25, 29/6/2017] Marcos: Municípios com atos e manifestações:
Caxias, Santo Ângelo, Santa Maria, Capao da Canoa, Cachoeira do Sul, Viamao, São Leopoldo, Sarandi, Carazinho, Santa Rosa, Lagoa Vermelha, Tapejara, Canoas, São Borja, Uruguaiana, Rio Grande, Passo Fundo, Ijuí, Gravataí, Três Cachoeiras, Osório, Sapucaia, Tramandaí

Em Porto Alegre e região metropolitana haverá paralisação dos transportes e das escolas particulares.

Rondônia
Às 8h, tem concentração para o ato na Praça Três Caixas D’Água, em Porto Velho.
às 15h em Ji-Paraná na Rua Idelfonso da Silva e caminhada até a Praça do Trevo.

Roraima

Professores da UFRR

Ato às 6h em frente ao Ibama na Av. Brig. Eduardo Gomes
Carreata às 9h saindo do Centro Cívico, em Boa Vista

Santa Catarina

Rurais
Agricultura familiar

Atos:

às 9h em Chapecó no trevo da BR-282
às 15h em Florianópolis no Ticen
às 16h30 na Praça João Costa em Lages
às 8h em frente ao INSS em Ararangua
às 9h no Largo Caçanjurê em Caçador
às 5h no centro de Itajaí
às 13h30 na Praça Victor Konder em Blumenau
às 8h na BR-282 em Campos Novos
às 9h na Praça da Catedral em Rio do Sul

Sergipe
Bancários
Rodoviáros

São Paulo
Metroviários
Bancários
Rodoviários do ABC
Professores do ABC
Professores de Osasco farão aula pública no calçadão
Unidade da Sabesp de Guarapiranga
Também estão previstos protestos em Araraquara, Campinas, Ribeirão Preto

Protesto das centrais sindicais em frente à sede da Superintendência Regional do Trabalho, às 11h (rua Martins Fontes, 109).

Ato público em frente ao Masp, às 16h, na avenida Paulista

Tocantins

Educação

 

Fuente: Portal CTB (com informações dos sindicatos, fórum das centrais e agências)

 

 

Share on Google+Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on RedditShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page